Crónicas de uma Leitora: [opinião] O Véu da Meia-Noite de Lara Adrian

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

[opinião] O Véu da Meia-Noite de Lara Adrian

 Autor: Lara Adrian
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 376
Editor: Quinta Essência

Sinopse:
Guerreira especialista em balas e lâminas, Renata é superior a qualquer homem - vampiro ou mortal. Mas a sua arma mais poderosa é o seu extraordinário dom psíquico - uma dádiva rara e mortífera. Agora um estranho ameaça a sua independência ganha a custo, um vampiro de cabelo dourado que a atrai para um reino sombrio... e prazer para lá da imaginação. Viciado em adrenalina, Nikolai distribui a sua própria justiça pelos inimigos da Raça - e a sua última presa é um assassino implacável. Uma mulher atravessa-se à sua frente: Renata, a guarda-costas sedutora e calma. Mas os poderes de Renata são testados quando uma criança que ama é ameaçada, e ela é forçada a pedir ajuda a Niko. Quando os dois unem esforços, quando o desejo alimenta as chamas de uma fome mais profunda, a vida de Renata é cercada por um homem que oferece o delicioso prazer de um vínculo de sangue... e uma paixão que pode salvá-los ou condená-los para sempre...

Opinião:

Apesar de ser um pouco suspeita, por adorar esta saga, adorei este livro.
Neste quinto volume temos a história de Nikolai, que já o conhecemos dos volumes anteriores. Ele é lutador, especialista com as armas e age sempre a pensar no sucesso das missões que tem na Ordem em vez de se preocupar com a sua sobrevivência e daí a viver sempre nos limites.
Conhecemos depois Renata, que claro está, é uma companheira de raça, lutadora, corajosa, destemida e muito teimosa, com um dom psíquico que parece ser bastante útil. Abandonada em criança, cresceu na rua e tornou-se numa mulher bastante forte e inteligente.
Nikolai recebe uma missão, e é nisso que o livro se desenvolve, até porque não temos tal como nos outros volumes o envolvimento e quase toda a ordem, neste não temos muito contacto com os restantes guerreiros e acho que isso até faz com que este livro seja melhor.

Embora vá ao encontro dos livros anteriores, cheio de romance, a autora cria aqui o seu jogo de sedução entre as duas personagens o que transforma a leitura muito agradável e repleta de amor e de humor que a autora faz questão de introduzir sempre.
Pessoalmente adorei ver que Nikolai tem um outro lado, para além daquele que lhe dita as suas obrigações e as suas missões e o que ele tem que fazer pela ordem. No entanto este é uma forte característica sua e que o torna tão especial.
Renata também gostei dela, pela sua força e a sua determinação, dando cabo da vida a vivos e a mortos sem qualquer medo, apenas fazendo-se justiça.

Aconselho a quem gosta deste tipo de fantasia/romance, e quem gostava de Nikolai nos anteriores vai adorar o livro, deliciar-se e não querer que ele acabe.

 

Outros Livros da Autora:
O Beijo da Meia-Noite

3 comentários:

  1. Mais um para colocar em lista de espera para comprar!
    :D

    ResponderEliminar
  2. convém ser lido por ordem Carol, faz mais sentido, apesar de cada livro falar de um casal diferente a história está toda interligada!

    ResponderEliminar