Crónicas de uma Leitora: "Messias" de Boris Starling - Opinião

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

"Messias" de Boris Starling - Opinião


Autor: Boris Starling
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 640
Editor11 x 7

Sinopse:
A primeira vítima foi encontrada pendurada numa corda. A segunda, espancada até à morte, jazendo numa poça de sangue. A terceira, decapitada. Os seus antecedentes são tão diferentes como os métodos do seu assassinato. Mas um pormenor arrepiante liga os três crimes: as suas línguas foram cortadas e substituídas por uma colher de prata. A polícia tem provas suficientes para acreditar que está perante um raro e perturbador fenómeno: o aparecimento de um serial killer, perverso e inteligente... E tudo indica que ele vai matar outra vez.


Opinião:
Empolgante. Viciante. Engenhoso.
O 'Messias' causou-me sensações tão boas que, depois de o ler, vi-me forçado a comprar de uma forma imediata cada obra que ia saindo do autor. Contudo, todos eles acabaram por se revelar algo amargos. Não que fossem maus, porque não são. Mas porque este livro é demasiado bom.
Durante a trama vão ocorrendo vários crimes que logo são associados entre eles desde o início devido à marca que o assassino vai deixando. Todos eles são horrendos, todos eles anseiam mostrar algo. 
Toda a narrativa é extraordinária e sem quebras. Acho-o perfeito a todos os níveis.
Este é o melhor policial que li até hoje e já li alguns que adorei. 

Sem comentários:

Enviar um comentário