Crónicas de uma Leitora: Diz Adeus de Lisa Gardner - Opinião

sábado, 22 de setembro de 2012

Diz Adeus de Lisa Gardner - Opinião

Autora: Lisa Gardner
Editor: Circulo de Leitores
Páginas: 288

 
Sinopse:

O assassino tece a sua teia. Calma e delicadamente, alicia as vítimas até si e envolve-as na seu venenoso fio de manipulação. Tão cuidado e pensado é o crime, que ninguém dá sequer por falta das vítimas. Não por acaso, o assassino, fascinado por aranhas, escolhe prostitutas como alvo. Quase ninguém dá pela sua falta, quase ninguém sabe exatamente sabe quem são. Só alguém tão intuitivo como Kimberly Quincy, agente do FBI, percebe que algo de muito grave se passa. Grávida, Kimberly sabe que tem de se proteger, mas a certeza de que o crime perfeito pode estar a acontecer mesmo debaixo dos seus olhos não a deixam descansar. Um intenso thriller de suspense e crime assinado por Lisa Gardner. 


Opinião:
Tudo começa quando Kimberly, uma agente do FBI, é chamada à esquadra onde se encontra detida uma prostituta, que remetida ao silêncio, insiste em apenas falar com ela. Esta conta-lhe uma história sobre o desaparecimento de uma colega de profissão, que foi vista pela ultima vez com um estranho cliente, conhecido pela sua obsessão por aracnídeos 

Sal o inspetor 
responsável pela detenção da prostituta, tem conhecimento de mais desaparecimentos de mulheres, mas nada pode fazer uma vez que não tem autorização para abertura de um inquérito, devido á ausência de cadáveres ou provas de qualquer crime, mas isso não se torna entrave para ele, que com a ajuda da agente do FBI Kimberly, inicia uma investigação à procura das provas que possam fundamentar abertura do caso. Estes vêm-se envolvidos numa trama, muito bem elaborada pelo assassino, que consegue sempre estar um passo à frente da investigação!

Entretanto Kimberly começa a receber estranhos telefonemas, de alguém que quer avisá-la...que quer que ela procure...mas, à medida que o tempo vai avançado, esse aviso torna-se uma ameaça e Kimberly
apercebe-se que ela própria começa a ficar presa na teia da aranha.

Ao longo do livro, intercalado com a investigação, vamos sendo presenteados com alguns capítulos, que nos fala do assassino e nos dá a conhecer através de relatos do seu passado, o como e porquê de um ser humano normal, se tornar um monstro, capaz das coisas mais macabras.

Diz Adeus de Lisa Gardner, é um livro que me prendeu da primeira até à ultima página. Adorei este livro e recomendo. Lisa Garder, é sem duvida uma talentosa mestra do suspense!

Sem comentários:

Enviar um comentário